(12) 3937-5388 / (12) 98895-1591 Pq. Industrial | (12) 3911-6269 / (12) 98857-1074 Vila Ema | ATENDIMENTO 24H
Saúde felina

Fique de olho naquela coceirinha insistente do seu pet: pode ser pulga! Entenda tudo sobre o controle de pulgas e carrapatos

 

Quer coisa mais chata para seu bichinho, e para você também, do que achar uma pulguinha correndo por entre os pelos durante aquela sessão de carinho? Ou então ver um carrapato grudado na orelha do pet? Pulgas e carrapatos são parasitas que atrapalham a vida dos animais e dos tutores.

Nunca sabemos quando nossos amiguinhos podem ter um desses parasitas em seu corpo. Por isso, é muito importante entender sobre o controle de pulgas e carrapatos:

 

 

  • Os parasitas
  • A contaminação
  • Como controlar os parasitas

 

 

Os parasitas

 

As picadas desses parasitas causam lesões na pele dos animais e reações alérgicas, podendo infestar o ambiente em que o bichinho vive. São capazes de carregar bactérias que causam diversas zoonoses. Em cães e gatos, essas bactérias causam dores abdominais, febre, anemia e perda de peso.

Em humanos os riscos de contrair febre maculosa e borreliose são grandes.

 

 

A contaminação

 

Pode parecer estranho pensar que cães e gatos conseguem contrair verminoses por causa de pulgas ou carrapato, mas não se engane. Sempre que os animais se lambem para se limpar, eles ingerem os parasitas. Pulgas contaminadas, liberam um verme chamado Dipylidium direto para o intestino do animal, causando dores, anemias e muitas outras doenças.

Pensa-se que para eliminar esse terror da vida dos nossos peludo, basta aplicar um anti-pulgas. Mas não é bem assim, não. Uma vez que os animais “contraem” pulgas ou carrapatos, o combate à eles não se limita apenas em eliminar os parasitas dos animais: esses fazem parte de 5% do total da população que já se instalou no ambiente.

Ovos, larvas de pulgas, ninfas de carrapatos são os 95% restante da infestação que toma conta de tapetes, sofás, camas, cantinhos de portas. Portanto, o combate às infestações ambientais é primordial para o controle efetivo da infestação no animal.

 

 

Como controlar os parasitas

 

O profissional mais indicado para prescrever e orientar como o controle de pulgas e carrapatos deve ser feito é o médico veterinário. Deve-se tomar cuidado com o que será aplicado no ambiente, já que muitos produtos podem ser perigosos para os pets, e para os tutores também.

 

Segue algumas dicas importantes para proteger seus bichinhos de estimação e sua família desses parasitas:

 

– Banhos e manutenção da loção anti-pulgas e carrapatos devem ser frequentes e mantenha a vermifugação em dia;

– Lave semanalmente a caminha do seu animal de estimação;

– Evite passear em locais muito úmidos ou com mato alto;

– Procure escovar seu cão assim que voltar do passeio, antes de entrar em casa, para evitar parasitas;

– Inspecione diariamente seu bichinho, principalmente nas orelhas, patas e barriga;

– Aspire ou varra bem as frestas do piso, tapetes, sofás, almofadas duas vezes por semana;

– Cuide das roupas de cama da família, trocando-as semanalmente;

– Deixe colchões, almofadas e travesseiros tomando sol em alguns dias da semana, já que os parasitas são sensíveis à calor e luz.

 

Proteja seu animal e sua casa. Prevenir sempre é o melhor tratamento.

 

 

 

Fique por dentro das dicas sobre o mundo incrível dos animais. Siga-nos nas redes sociais

https://www.facebook.com/clinicacarinhodebicho/

Instagram: @carinhodebichohospital